Vale

4 jul

Eu não sei

Não sei o que é passado

Não sei o que é omitido

Não sei o que sou e quando sou

Só sei que estou perdido

Perdido está o passado,

Perdido no presente talvez,

Maldito passado, por que não se vai de vez?

Não sei do meu sorriso,

nem da lágrima que derramei

não sei no que acredito, não sei o que sinto

só sei que é bem forte,

mais forte que a vontade de saber

não sei de amanhã como não soube de ontem

e ainda que soubesse seria uma incerteza

destas que com certeza não se quer mais duvidar

busco saber sem saber,

pois assim o que souber será

realmente sabido…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: