Sem Sombra, Nem Núvem

12 jul

Turbulência próximo a decolagem

Aperto os cintos, aperte também

Nada do que eu disse é ilusão

Já não entro em contradição

Quando o assunto é você

Peço que me ouça, leia, veja

Preste atenção

E se mesmo assim não quiser me ver

Nada mais posso fazer então

Não cometo grandes erros,

Mas qualquer erro é muito grande

Quando derramo sua lágrima ao chão

Peço o perdão que já cedi

E que me acompanhe…

“tudo que é passado,

Vamos deixar de lado,

Já não há mais nada a se fazer”

O presente, e o futuro começam  agora

E é você quem decide

Se quiser seguir do meu lado

Eu estarei ao seu lado

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: