Medo…

17 out

Medo…

Medo de ter medo

Medo do futuro, entrelaçado

Com o passado

Medo da vida, medo da morte

Medo de ter partido o coração

Maldito medo que

Entorpece a multidão

Medo que não se mede

Nem por moda, nem por maldade

Medo que se mede

Pelo medo

Medo do mel e do fel

Á mesma mistura…

Moedas que rolam na sarjeta,

Miúdas a ponto de não serem alcançadas

Mentes que medem o suspiro

A ponto de não se importar com tal…

A ponto de esquecer o principal

Há um alvo ao centro de cada peito…

Esperando pra explodir, esperando

A vida engolir… o medo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: