Arquivo | dezembro, 2011

Remando sem Rumo, Rimando sem Rima…

22 dez

E todos os dias antes de se deitar

Ele beijava a jóia em seu dedo

E agradecia a Deus por ela estar ali

Porém chegou o dia em que não amanheceu

E que ele percebeu que o valor daquilo

não era o que ele pensava.

Seus dedos já estavam calejados

E sua cabeça já não agüentava mais.

Deparou-se com a pior das dúvidas

Mas a medida que o tempo passou,

Ele percebeu que fez a coisa certa,

“A tristeza é sempre passageira,

Como a felicidade também foi”

E nada mais precisa importar…

Somente o caminho certo…

 

 

Anúncios

Pior FInal

22 dez

O pior final é aquele que não te fim

Nós sabemos disso….

Momento errado pra dizer

Qualquer coisa…

Agora é sempre tarde demais,

Mesmo que fosse verdade

Mas se fosse nós sabemos

Que tudo teria sido diferente

Queria poder consertar as coisas

Mas os erros não foram meus,

Meu único erro foi não te avisar,

Que eu demoro pra dizer não

Mas eu o digo uma vez só

Você deixou eu perceber

Que eu sei viver sem você

Sofremos por um tempo

eu aqui você aí

Mas o mesmo tempo

nos liberta….

Não existe mais Nós

e nunca mais vai existir…

Nunca mais vai existir…

Tão breve…

18 dez

Tudo que era paz agora é solidão…
e das canções que eu escrevi
não restou nem o refrão…
Me sinto gelado em meio ao verão
mas sei que esses dias nublados
ainda passarão
meus erros imperdoáveis
nunca foram nada demais
essa história sempre acaba
como tudo acaba
com um livro e uma lágrima
na porta da sacada
meus gestos certos ou incerto
já não são mais nada…
A gente segue em frente
de qualquer maneira….

Não mais… Nunca mais olhar prolado onde nada tem…

17 dez

Amor que nunca foi amor

de nada mais me importa

pedido que vira pesadelo

que bate e rebate e minha porta

desfecho que eu já sabia

mas sempre adiei…

por que sempre odiei

tal ideia

mas agora faz sentido ficar só

como pedras de um jogo de dominó

que nunca evitam de não se entender

não posso dizer que foi tempo perdido

aprendi muito…

mas não quero mais, tanto que não exitei

apenas aceitei…

como já disse antes…

fatos que fotos não mostram

afetos que não ficarão guarados por muito tempo

pelo menos é o que eu espero…

sigo do meu lado

e que sigas o seu….

Lados…

15 dez

Mais uma noite pensando
no lado que sempre olho
pra depois ver  o seu sorriso
O lado que nunca tem nada
mas torna engraçada a minha face
O meu lado que é seu e eu repito
o seu lado onde estou e não abandono
Preceitos que não entendo
mas compreendo ao mesmo tempo
Lados Bons, lados inversos
Mas ao seu lado eu sei que é o certo
Mais um pequeno poema curto,
apenas para demonstrar o quanto
ao seu lado eu gostaria de estar…

Esboço

6 dez

Nem tudo o que nos vem aos olhos agrada

Nem tudo que nós falamos cativa.

De refeições rápidas e sonos curtos

Tem sido feito os meus Dezembros

Desde quando,  nem lembro

Como tradição de Natal

Privo-me de direitos meus

As folhas não caem mais

E muitas vezes o calor me irrita

Clichês de fim de ano

Frases que ouvimos sempre

Verdades embaladas a vácuo

Bondades de estação

Pessoas fracas de coração

Preocupadas ou não,

Aparecendo como queriam;

Pessoas boas ocultas a sombra

De onde não veremos

Verdades ditas transcritas

E nem sempre levadas a sério

Como a realidade é tão pior

Que a imaginação

E a imaginação não passa

De mera ilusão…

Sabemos onde isso vai parar?

Quando isso vai acabar?

Alguém talvez… Alguém

Todo o tempo…

4 dez

Volta…
Pro calor dos meus braços
de onde jamais quiz que você saísse
Volta…
pro meu abraço, pra eu te lembrar
que eu posso te fazeer feliz
Volta…
Cruza teu olhar no meu
meu sorriso émais feliz
Quando está com o seu
Volta…
Pois cada passo
Que eu dei por ti
foi de coração…
cada verso que escrevi pra ti
foi como uma lição
e aquilo que eu sinto,
mesmo sem precisar
mais umavez eu repito
é o mais puro dos sentimentos
não é nada que se apague com o vento
você está o no meu pensamento
todo o tempo…

Todo o Tempo