Versículos Sublinhados de uma Bíblia Imaginária

8 fev

Eu não preciso de máscaras, disfarces,

Ou mostrar virtudes que eu não tenho

Meu eu é meu imperfeito assim sendo

Não choro, o choro dos fracos

Sei que lágrimas não resolvem

Meu ego quase sempre intacto

Esbarra nos defeitos que eu mesmo percebo

Caminho pela rua,

Quase sempre estou sozinho

Olho a vitrine da camiseta

Que eu não vou comprar

Me deparo com a guria

Que vejo todo dia

Mas que nunca me disse “oi”

Não me preocupo em não ver o sol

Sabendo que muitos nem se dão conta

Que ele está aí pra todos,

Espero que a chuva venha em breve

Acalmar os ânimos, refrescar as idéias,

Molhar o verde que já não é tão verde,

Sei que as perguntas

Não vão se responder por si só,

Já vi quem estendi a mão, me dar às costas

E já vivi o suficiente pra saber que foi melhor assim

Cansei de ver semanas lentas que passam num piscar de olhos

E quando se dá conta,

Tudo já se foi, o comercial acabou

E a janela, antes mágica já não me diz nada

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: