Tempo seco, olhos húmidos….

13 abr

Meus dias cada vez mais sádicos

Minhas noites cada vez mais longas

Pensamentos fluem como não devia

Os olhos que deviam estar fechados

Estão vermelhos, de dor

Os pés que acabaram de pisar no deserto

Já sentem-se calejados,

Meu pequeno rebanho

Tem de ser protegido a unhas e dentes

A chuva não se aproxima,

Mas sem prosa nem rima

Eu sigo em frente

Olhando pra frente

meus sorrisos nem sempre sinceros

as vezes escassos sei que vão voltar

meus versos que eram outros

hoje são vastos

A muito não escrevia

E a muito achei que não precisava

 A muito não precisava….

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: