Ampulheta Quebrada…

27 jul

Um passo, um olhar

Tudo me dizia que não

Meu coração saltado pela boca

Me dizia que sim.

Felizmente, há algum tempo

Aprendi a não escutá-lo sempre

Quase volto algumas páginas

E não sei se seria o sensato a se fazer

Talvez tenha acertado,

talvez tenha sido um erro

E nem sei ainda se o erro foi meu,

Se fosse um beijo,

Quem sabe hoje o que seria de mim?

Se fosse  um desprezo,

Quem sabe o que seria de nós?

Talvez as coisas somente sejam

Como elas são

Talvez não aja nada

Que a gente possa fazer

Faço-me forte

Como sempre tentei

Hoje, bem mais do que eu já fui

Mas ainda não descobri

Se ser forte é bom ou ruim

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: